TAG - Meus 10 jogos mais importantes

quarta-feira, dezembro 24, 2014

Há um certo tempo, dois amigos no Facebook me marcaram para escrever este desafio. Devo listar dez jogos com forte valor "sentimental" (acho) e importância, que marcaram a minha vida. Não é um desafio difícil, o problema é lembrar os jogos... Mas fiz um esforço.

A regra consiste em listar 10 jogos que você considere importante. Não precisa ter ordem de importância e nem pensar muito para a resposta.

1 - Castlevania Curse of Darkness (PS2)
O Order of Ecclesia é meu favorito e gosto muito do clássico Symphony of the Night (apesar de não ligar muito para Alucard como a maioria dos fãs da série...). Só que o Curse of Darkness foi o primeiro game da série que joguei e tenho um carinho muito especial por ele. Hector é um dos meus protagonistas não-Belmont favoritos da série, perdendo apenas para Shanoa. Venhamos e convenhamos, o jogo é uma bela porcaria (quem lembra do meu antigo blog e tinha visto a minha resenha vai lembrar disto...). Repetitivo, cansativo e a estória bem meia boca. Mas eu gosto do Hector, do cenário e da jogabilidade dos Innocents Devils, além de achar o character design do Trevor desse jogo ser um gato.

2 - Crash Bandicoot 3: Warped (PSone)
Esse jogo marcou minha infância. Possuo um afeto tão especial por ele que estava jogando novamente uns tempos atrás como comentei na checklist. Sinceramente, o acho melhor que muito jogos da Nintendo por ai (pode me chamar de herege, vai). Só que a Naughty Dog estragou a franquia com as sequencias que seguiram...

3 - Tekken 3 (PSone)
Esse foi o primeiro jogo da serie que joguei e o qual me trás muitas lembranças da minha infância (Principalmente da parte em que eu, junto com os amiguinhos da rua, gostavamos de "brincar de luta" imitando os personagens do jogo... Apanhava muito com essas brincadeiras...). Esse jogo tinha uma mecânica tão fluida para a época a qual insisto que ela ainda é melhor que a dos jogos mais atuais dessa mesma série (sim, tem algum problema com os Tekkens moderno, ao meu ver...). E o Hwoarang é a minha paixonite eterna. Foi meu char favorito durante muito tempo.

4 - Phoenix Wright Trials and Tribulations (Gyakuten Saiban 3 - NDS)
Agradeço até hoje ao meu amigo que me apresentou essa série fantástica que é o Gyakuten Saiban, a qual acho o 3 jogo o melhor da série. Devo esse julgamento ao fato do flashback que acontece no jogo, o qual explica um pouco mais sobre a história da Mia, que é a minha personagem favorita da série. Godot é meu segundo promotor favorito, perdendo apenas para o Edgeworth (eterna fãgirl do Edgey poo). O The Bridge Turnabout é o meu caso favorito da série inteira.

5 - Valkyrie Profile (PSone)
Apesar de ter entrado tarde na minha vida (Joguei pela primeira vez em 2012), Valkyrie Profile é o meu primeiro, eterno e amado RPG. Como alguns sabem, não curto muito o gênero por achar que os jogos são muitos abrangentes, geralmente não possuem um foco específicos, e por não ter um tornam-se bem repetitivos e enjoativos (falo isso principalmente para os MMORPHs). Os JRPG por outro lado focam mais na narrativa, e são jogos que consegue-se terminar depois de no máximo umas 60 horas de jogo. Valkyrie Profile toma por volta de 30, e a história é muito cativante, não só pela história da Lenneth e dos guerreiros, mas também pela mitologia nórdica, a qual é embasada. Ah, e como já deu para perceber, eu me identifico com a Hrist.

6 - Devil May Cry 3: Dante's Awakening (PS2)
Conheci a franquia Devil May Cry por esse jogo. Por conta dele fui procurar os dois primeiros. Porém, mesmo o primeiro sendo clássico ele não chega nem aos pés desse aqui. Metade da graça do jogo é a dublagem do Reuben Langton. A outra metade é a dublagem do Dan Southworth. E o gameplay também é fantástico. É do tipo de jogo que sempre volto a jogar quando não tenho nada para fazer. Você nunca deixa de se divertir com ele. E sim, eu era apaixonada por Devil May Cry até que... Cêis sabem :/

7 - Ultimate Mortal Kombat 3 (SNES)
Este jogo está aqui mais pelo fato de ter sido algo que marcou minha infância. Nunca fui uma boa jogadora e era um sofrimento fazer combos no controle do nintendinho. Mas esse jogo era extremamente divertido e lindo. Quando me lembro do character design e dos cenários dá vontade de jogar de novo. Eu era bem criança quando jogava (por volta de 10 anos), mas mesmo com minha mãe pegando no pé por ele ser violento não deixava de jogar. Meu char era o Subzero (o irmão mais novo, sem a máscara) e o irritante clone do Bruce Lee, Liu Kang.

8 - Jojo's Bizarre Adventure Hieratage to the Future (jogo de luta da Capcom - PSone)
Já citei previamente aqui no blog que Jojo é uma série importante para mim. Conheci muitas coisas por via dela. E o meu primeiro contato com a série foi a partir desse jogo da Capcom (o qual achei o Jotaro extremamente sexy pela roupa de estudante lol). Não sou muito boa nesse jogo. Teve um tempo que estava treinando com os amigos, mas nunca sai do nivel intermediário. Porém, ele possui um grande valor sentimental, foi graças a ele que assisti os OVA's e comecei a ler o mangá, antes mesmo do anime sair.

9 - The King of Fighters XI
Essa é uma série de jogos que conheci na edição 98 e passei muitos anos sem jogar, até pular diretamente para o XI. Apesar de ter algumas coisas que não gosto, considero o XIII o melhor jogo da série, o mais bonito em termos de cenário e characters design, fora a soundtrack, que é muito boa. Sempre fui fã do Iori, mas depois que virei "mocinha" comecei a achar que a birrazinha idiota dele com os Kusanagis no lugar de ser charmosa é bem babaca (vide o final dele no jogo mais recente, o XIII). Isso me fez voltar as atenções para outros personagens da série, como o K'.

10 - Guilty Gear X2 #Reloaded (PC)
Esse serie é uma paixão mais recente. Passei um bom tempo de 2012 e 2013 jogando esse jogo, mas não consegui ainda sair do nível de jogadora intermediaria. A série me conquistou por completo: os cenário, personagens, character designer e a história compõe tudo aquilo que eu procurava em um jogo de luta. E nem falei da soundtrack ainda, que é a marca caracteristica da série que mais amo. Espero que essa série sempre seja fiel ao seu principio e nunca mude.

Menções honrosas: Darkstalkers, Captain Commando, Tobal 2, Soul Calibur III, Metal Slug X, Sengoku Basara 2 Heroes, Castlevania Order of Ecclesia, The World Ends With You, Super Castlevania 4 e Team Fortress 2.


Como sei que é chato e por estar respondendo no blog não vou marcar ninguem para responder. Se você quiser pode pegar o desafio e responder a vontade.

You Might Also Like

2 comentários

Leia antes de comentar:
Os comentários do Lightning Rose são moderados. Não serão aprovados comentários de natureza ofensiva; que não contenham nenhuma relação com o assunto da postagem; que contenham links externos de propaganda ou spam; ou que contenham números de documentos pessoais.

Para mais informações sobre como funciona a política do blog leia o FAQ.

Agradeço o seu comentário e volte sempre!

Facebook